TELEFONES

Orçamento sem compromisso: Palestra de Vendas, Palestrante de Vendas Curitiba (41) 99995 2061 ou 3015 0040 Palestra Motivacional para Empresas
Palestra de Motivação, Palestrante de Motivação

×

Aviso

IMAGESIZER_ERR_ACCESS

QUEM DÁ AO PRÓXIMO, EMPRESTA À DEUS

Todos os meses disponibilizamos em nosso site www.osmarcoutinho.com.br mensagens motivacionais. 
Sabemos que não é fácil enfrentar todos os dias um rio de desafios e inseguranças, porém sabemos também que existe um mar de otimismo e de oportunidades; afinal tudo depende do barco o qual embarcamos, ou seja, o “prisma” em que vemos a vida. 
Neste mês recebemos um e-mail muito interessante. 
Foi nos solicitado um pedido muito especial, uma atenção redobrada a um certo problema.

Tratava-se de alguém pedindo ajuda não para si, mas para o próximo.
Ficamos surpresos, pois geralmente as pessoas pedem para que os ajudem a 
solucionar os seus próprios problemas e não o dos outros.

Esse tipo de comportamento demonstra que esta pessoa inconscientemente já está praticando o bem, já que se preocupa muito mais com os outros do que consigo próprio “quem dá ao próximo, empresta à Deus”. 
Se todos ajudassem o próximo, com certeza o mundo seria melhor!
Isto não vale apenas para a nossa vida pessoal, mas principalmente para a 
vida profissional, pois o ambiente de trabalho com certeza é o nosso segundo lar, 
se não for o primeiro para muitos.
Temos certeza que a história abaixo, também recebida por e-mail, vem de encontro a um dos maiores problemas que atravessamos, a falta de união entre as pessoas, egoísmo e criatividade para a solução de todo e qualquer problema.
Conta uma lenda que Deus convidou um homem para conhecer o céu e o inferno.
Foram primeiro ao inferno.
Ao abrirem uma porta, o homem viu uma sala em cujo centro havia um caldeirão de substanciosa sopa e à sua volta estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas.
Cada uma delas segurava uma colher, porém de cabo muito comprido, que lhes possibilitava alcançar o caldeirão mas não permitia que colocassem a sopa na própria boca.
O sofrimento era grande.
Em seguida, Deus levou o homem para conhecer o céu.
Entraram em uma sala idêntica à primeira: havia o mesmo caldeirão, as pessoas em volta e as colheres de cabo comprido.
A diferença é que todos estavam felizes e saciados.
Não havia fome, nem sofrimento.
"Eu não compreendo", disse o homem a Deus, "por que aqui as pessoas estão felizes enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?"
Deus sorriu e respondeu:
“Você não percebeu? É porque aqui eles aprenderam a dar comida uns aos outros”.

Moral: temos três situações que merecem profunda reflexão:
Egoísmo: as pessoas no "inferno" estavam altamente preocupadas com a sua própria fome, impedindo que se pensasse em alternativas para equacionar a situação.
Criatividade: como todos estavam querendo se safar da situação caótica que se encontravam, não tiveram a iniciativa de buscar alternativas que pudessem resolver o problema.
Equipe: se tivesse havido o espírito solidário e ajuda mútua, a situação teria sido rapidamente resolvida.

Conclusão: dificilmente o individualismo consegue transpor barreiras.
O espírito de equipe é essencial para o alcance do sucesso.
Uma equipe participativa, homogênea, coesa, vale mais do que um batalhão de pessoas com posicionamentos isolados.
Isso vale para qualquer área de sua vida, especialmente a profissional.
E, lembre sempre:
A alegria faz bem à saúde; estar sempre triste é morrer aos poucos.

Prof. Osmar Coutinho
Conferencista