TELEFONES

Orçamento sem compromisso: Palestra de Vendas, Palestrante de Vendas Curitiba (41) 99995 2061 ou 3015 0040 Palestra Motivacional para Empresas
Palestra de Motivação, Palestrante de Motivação

CANSADO DE MALHAR EM FERRO FRIO !

"Prof. Osmar Coutinho, desculpe-me a sinceridade, mas estou “chutando até cachorro morto”.
Tudo o que eu faço dá errado. No trabalho as minhas idéias são sempre rejeitadas, em casa até o meu pai já não acredita mais em minhas promessas, a minha noiva vive me dizendo para eu parar de promoter as coisas; acho professor, que no final do túnel não vejo mais uma luz de esperança e sim um trem que poderá me atropelar.
Ajude-me antes que eu desista de tudo."
Interessante o seu relato amigo! Ele faz com que as pessoas que ouçam sua história, tenham pena de você! Acredito que seja isso que você realmente deseja. Ora, ora; pena é só para perdedores!
Levante sua cabeça, abra seus olhos e o seu coração, jamais desanime. Não espere que os outros façam a sua parte. Você está desanimado com a vida e diante dessa situação transitória desiste antes de começar.
Abaixo uma história verídica adaptada para a sua situação.
Um ilustre juíz contou, certa vez, um episódio que transformou toda a sua vida. Aos 16 anos de idade, viu-se obrigado a deixar a escola e a se empregar como varredor numa fábrica.
Quando veio a crise econômica da década de 1930, numa tarde cinzenta, véspera de Natal, ele foi despedido, junto com centenas de outros empregados.
Quando saiu para a rua, ao final do turno de trabalho, foi seguindo no meio de uma fila silenciosa e sombria de operários.
Embora adolescente, ele se sentia envelhecido num mundo sem esperanças.
À sua frente, caminhava um homem magro e mal vestido. Aquele homem também fora despedido. Mas ia assoviando pelo caminho.
O rapaz se aproximou dele e perguntou:
_O que você vai fazer agora, já que também foi despedido?
E o desconhecido respondeu com naturalidade:
_Acho que vou para a praia. Lá, rapaz, as estrelas a noite brilham sobre o mar e parecem que são do tamanho de ameixas. Ou talvez eu vá para o interior do estado. A lua surge sobre os morros que parece até uma pintura lá no céu.
O mundo é bem grande, meu rapaz, e o que há nele dá de sobra oportunidades para fazer qualquer homem feliz, desde que não tenha medo de ir aonde a cabeça e o coração o levarem.
Para o adolescente, aquelas palavras tiveram um grande efeito. Foi como se tivesse sido aberta uma janela na parede de uma prisão e ele pudesse ver através de milhões de quilômetros.
Foi para casa com a cabeça cheia de planos. Se aquele homem, bem mais maduro do que ele, tinha forças e ânimo para tecer planos para o futuro, ele, adolescente, deveria ter muito mais.
E, pensando assim, na semana seguinte não somente conseguiu encontrar um meio de se manter, como se matriculou numa escola noturna, perseguindo o seu sonho que viria se tornar realidade: formar-se em Direito e seguir a carreira da magistratura. Ser juíz.

CONCLUSÃO
O desânimo é inimigo sutil do ser humano. Instala-se pouco a pouco, terminando por vencer as resistências que se sentem desestimuladas por falta de suporte emocional para a luta.
São várias as causas do desânimo. Pode ser resultante de uma enfermidade física, que gera perda de energia, por consequência, de entusiasmo pela vida.
Pode resultar de estresse decorrente de pressão, agitação ou de tensões continuadas. Também por frustrações profundas, que deixam na alma um grande vazio.
Contudo, seja qual for a causa, o importante é não se deixar envolver pelo desânimo, desalentador e destruidor de vidas.
Se a causa é a enfermidade, o estresse ou a frustração, há que se buscar a terapia conveniente.
Por vezes, um pequeno estímulo, uma pequena história de vida ou até um alento é suficiente para se sair de um estado de desânimo para o de entusiasmo.
Nunca será demais insistir que a oração é também uma arma poderosa para o combate ao desânimo, oferecendo ao homem esperança, metas saudáveis e renovadoras, que o enriquecem de paz interior.

Prof. Osmar Coutinho - Conferencista - www.osmarcoutinho.com.br

Realizamos Palestras abertas ou "in company", consulte-nos sem compromisso e sinta a diferença nos resultados.
(41) 3015-0040 | 9995-2061 - Curitiba/PR | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.