TELEFONES

Orçamento sem compromisso: Palestra de Vendas, Palestrante de Vendas Curitiba (41) 99995 2061 ou 3015 0040 Palestra Motivacional para Empresas
Palestra de Motivação, Palestrante de Motivação

LER ENTRELINHAS !

Recebemos frequentemente emails de gestores que nos relatam sua situação e nos pedem alguma "luz".
Bem, acredito que a situação descrita abaixo não é vivida apenas pelo nosso amigo em questão; e sim, um problema de muitos outros gestores...
"_Prof. Osmar Coutinho, tenho um Box no CEASA (Central de Abastecimento) aproximadamente há uns 8 anos e muita dificuldade em conseguir funcionários comprometidos, pois a principal jornada de trabalho começa lá pelas 03:00 da madrugada e vai até às 11:00h. Porém acredito que o problema não seja só o horário, mas também o meu comportamento, pois “vivo no pé” dos funcionários e muitas vezes os sufoco com minhas exigências."
Caro amigo, fique tranquilo, talvez você esteja colocando os “pés pelas mãos”, agindo assim você não dá espaço para descobrir o potencial dos seus colaboradores.
Abaixo uma história que o fará refletir e ver por outro prisma.
Conta-se que, há muito tempo, um fazendeiro possuía muitas terras ao longo do litoral do Atlântico.
Horrorosas tempestades varriam aquela região extensa, fazendo estragos nas construções e nas plantações.
Por esse motivo, o rico fazendeiro estava constantemente com falta de empregados. A maioria das pessoas estava pouco disposta a trabalhar naquela localidade.
A cada tentativa de conseguir novos funcionários, as recusas eram muitas.
Finalmente um homem baixo e magro, de meia idade, se apresentou.
_Você é um bom lavrador? Perguntou o fazendeiro.
_Bom, respondeu o pequeno homem, eu consigo dormir enquanto os ventos sopram.
Embora confuso com a resposta, o fazendeiro desesperado por ajuda, o empregou.
O pequeno homem trabalhou bem ao redor da fazenda, mantendo-se ocupado do alvorecer ao anoitecer.
O fazendeiro deu um suspiro de alívio, satisfeito com o trabalho do homem.
Então, numa noite, o vento uivou ruidosamente anunciando que sua passagem pelas propriedades seria arrasadora.
O fazendeiro pulou da cama, agarrou um lampião e correu até o alojamento do empregado.
O pequeno homem dormia serenamente. O patrão o sacudiu e gritou:
_Levante depressa! Uma tempestade está chegando. Vá amarrar as coisas antes que sejam arrastadas.
O empregado se virou na cama e calmo, mas firme, disse:
_Não senhor, eu não vou me levantar, eu lhe falei que consigo dormir enquanto os ventos sopram.
A resposta enfureceu o empregador. Não estivesse tão desesperado com a tempestade que se aproximava, ele despediria naquela hora o mau funcionário.
Apressou-se a sair para preparar ele mesmo o terreno para a tormenta cada vez mais próxima.
Para seu assombro, ele descobriu que todos os montes de feno tinham sido cobertos com lonas firmemente presas ao solo.
As vacas estavam bem protegidas no celeiro, os frangos estavam nos viveiros e todas as portas muito bem trancadas.
As janelas estavam bem fechadas e seguras. Tudo estava amarrado. Nada poderia ser arrastado.
Então, o fazendeiro entendeu o que seu empregado quis dizer entrelinhas.
Retornou ele mesmo para sua cama para também dormir, enquanto o vento soprava.
CONCLUSÃO: Sabemos que não é fácil conseguir colaboradores comprometidos, mas antes de exigirmos seu comprometimento devemos demonstrar que confiamos neles. Desta forma, conseguiremos estabelecer o exemplo que para haver uma parceria profissional a confiança é a chave para o equilíbrio entre as pessoas.

Prof. Osmar Coutinho - Conferencista - www.osmarcoutinho.com.br

Realizamos Palestras abertas ou "in company", consulte-nos sem compromisso e sinta a diferença nos resultados.
(41) 3015-0040 | 9995-2061 - Curitiba/PR | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.